terça-feira, 24 de março de 2009

Fujam todos que vem aí o coelhinho da Páscoa

"Magalhães" em falta chegam antes da Páscoa


Os computadores Magalhães "encomendados até à semana passada" pelas escolas serão distribuídos "antes da Páscoa".

O anúncio foi feito, na noite de segunda-feira, pela directora regional de Educação do Norte, Margarida Moreira. Falando num debate sobre Educação organizado pelo Núcleo Associações de Pais de Matosinhos, explicitou que foi essa a informação que lhe deu o "ministro Mário Lino", responsável por este dossiê.

Só na Região Norte faltam ainda "cerca de 140 mil Magalhães", indicou ainda a mesma responsável, em declarações feitas à Agência Lusa, referindo, porém, haver já várias escolas equipadas com este computador.

Margarida Moreira respondeu assim a uma observação feita pelo presidente da Federação das Associações de Pais da Trofa, que ali foi convidado pela organização do debate e aproveitou para notar que "os Magalhães ainda não chegaram às escolas".

A directora saiu em defesa do Magalhães, "um excelente computador", referindo, por exemplo, que ele está programado para não deixar os alunos jogar sem antes fazerem os seus trabalhos para casa.

Ainda neste âmbito, a responsável destacou que "a grande mudança" que aí vem é o Plano Tecnológico da Educação, que vai pôr "todas as escolas ligadas às autoestradas da informação".

O ensino especial foi outras das questões focadas e Margarida Moreira disse que até assumir funções, em 2005, "o Norte não nunca requisitou terapeutas".

"Nós tínhamos zero terapeutas da fala há quatro anos", exemplificou, ressalvando que eles existiam "no resto do país".

Desde então, garantiu, "a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) está a tentar recuperar" o tempo perdido, mas tem deparado com falta de especialistas em áreas como o autismo e a cegueira.

Segundo Margarida Moreira, a DREN até já pediu às escolas superiores de educação que apostem mais na formação dirigida ao ensino especial, com vista a suprir a actual escassez de quadros.

A directora adiantou que, em muitos casos, os problemas continuam a ser resolvidos através dos professores que durante anos desenvolveram a sua actividade nesta área específica e por isso acumularam uma vasta experiência.

Outro elogio foi para a Escola de Segunda Oportunidade que este ano lectivo começou a funcionar em S. Mamede de Infesta, Matosinhos, e que visa acolher jovens que abandonaram os estudos.

"Só há duas no mundo e uma delas é em Matosinhos", destacou Margarida Moreira, salientando que a autarquia local tem um "conceito de escola inclusiva".

O presidente da Câmara local, Guilherme Pinto, aproveitou o debate para vincar que a educação é a sua "primeira prioridade" e apontou os investimentos realizados e a realizar pela autarquia.

O autarca referiu que vão ser investidos "32,5 milhões de euros em 12 centros escolares", contando para o efeito com "um forte apoio governamental" e da própria DREN.

8 comentários:

profpardal disse...

Coitadinhos do meninos!!! Como é que vão poder aprender sem o Magalhães!!!

Ai!

Hot Five disse...

Boa tarde

Vim para desejar um BOM NATAL a todos os Educadores.
Gosto muito de vir a este cantinho.
Apareçam no meu espaço de DESENHOS para COLORIR:
http://pintardesenho.blogspot.com

Copiem os desenhos, pintem...
...DIVULGUEM.

BOM NATAL
Abraço
C.

P.S. - coloquei no meu blog um link vosso.

Manuel Pereira da Silva disse...

Para nos animar um pouco!!!
Mario Vargas Llosa refere na edição de hoje do jornal “EL PAÍS” a propósito das eleições Presidenciais no Chile que deram a vitória ao candidato da direita, Sebastian Piñera, que num encontro que teve com este, três dias antes do acto eleitoral, lhe perguntou qual queria que fosse a sua melhor contribuição no governo se ganhasse as eleições. “Dar um impulso decisivo ao nosso plano de oito anos, para crescer a um prometido 6% anual, algo perfeitamente realizável. Se o conseguirmos, o PIB, que é agora de 14.000 dólares terá um aumento para 24.000. Alcançamos Portugal”, Chile deixará então o subdesenvolvimento e será o primeiro país da América Latina a integrar o primeiro mundo.

Tendo o nosso governo copiado o modelo Chileno de Avaliação de Professores, eis senão quando que passamos a ser o modelo a seguir.
Um abraço,
Pedro Nunes

Tiago Soares Carneiro disse...

Bom dia!!!

Faço aqui um apelo aos meus amigos...

...o meu blog que está nomeado para os BOBs (Best of Blogs) - categoria de repórteres sem fronteiras.



http://democraciaemportugal.blogspot.com

http://www.thebobs.com



Votem em mim!!!! LOL

Abraço
Tiago Carneiro

Anónimo disse...

Caros colegas acordem!,

Agora é que deveríamos realizar uma mega manifestação com 100 mil professores na rua.
Pelas medidas tomadas pelo atual governo (não tem nada haver com o socas e a milu). Não criem ilusões, para as empresas dos amigos e para a banca há sempre muito dinheiro, estes neoliberais é que estão a acabar com o pouco que sobrava. Com as medidas tomadas e em calha, as estimativas é que haverá nos agrupamentos atuais uma redução entre 1/4 a 1/3 dos horários. É assustador não é?, muitos professores do quadro em breve irão ter horário zero, não me refiro apenas a EVT.

" together we stand - divided we will fall ! "

Paulo Sérgio disse...

Gente dá uma força aê[curti e compartilha lá]: http://www.facebook.com/photo.php?fbid=374336389312832&set=a.330138680399270.76472.100002094223144&type=1&theater

Anónimo disse...

Então, esqueceram-se da indignação em casa foi?

Carol Torres disse...

Olá,
muito legal o blog! Aproveito para divulgar um blog que tenho com dicas de eventos e sites de educação e psicologia: existepsicologiaemsp.blogspot.com.br. Passa lá!
Um abraço,
Carol