sexta-feira, 14 de março de 2008

Posição do Movimento face a manifestação ou contra-manifestação no Porto

O Movimento Cívico Em Defesa da Escola Pública e da Dignidade da Docência repudia e condena qualquer tipo de manifestação ou contra-manifestação que possa conduzir a situações susceptíveis de comprometerem os direitos, liberdades e garantias fundamentais ou serem interpretados como tal.

Os professores têm revelado um elevado sentido cívico na defesa das suas ideias, em nome da Escola Pública e da dignidade profissional.

Assim, condenamos a tentativa de contra-manifestação que se está a tentar convocar anonimamente, para o Porto, em simultâneo com o comício do P.S.

2 comentários:

Falcão disse...

A contra-manifestação no Porto é uma operação provocatória destinada a alimentar o clima de crispação que o PS está a promover e a dar mais pretextos para a vitimização do partido do Governo.
Os professores, com a serenidade qule lhes dá a força da razão, saberão encontrar as formas mais adequadas de luta para conseguirem os seus objectivos: defender a escola pública e a dignificação da função docente. A equipa ministerial está num beco sem saída: não pode aplicar o modelo de avaliação, nem suspendê-lo. Daí a fuga para a frente a desinformação. É fundamental manter a serenidade e a unidade em torno das organizações sindicais. Não podemos desperdiçar o capital obtido em 8 de Março.

Anónimo disse...

Resta saber quem, na verdade, lançou a primeira sms e/ou e-mail.