sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Notícia no Correio da Manhã

Mal-estar nas escolas

Duas a três mil pessoas na rua em Viseu ou na Guarda chegam para se falar dos protestos dos professores como das maiores manifestações de sempre naquelas capitais de distrito. A surpresa é tanto maior quanto se sabe que são cidades onde ‘o povo é sereno’. O forte alerta constitui, porém, apenas a face visível do enorme mal-estar existente nas escolas.

O problema é que a instabilidade está generalizada. A pressão exercida pelo Ministério da Educação, exigindo tudo, de forma arbitrária e em troca de nada, levantou a tampa até aos mais pacíficos. Hoje, nas escolas, as conversas são todas centradas em críticas à ministra Lurdes Rodrigues, quando o desejável e normal era ouvir os professores a trocarem impressões sobre questões das aulas.

O protesto dos professores é o que está a dar. A Oposição aposta na bola de neve. Menezes reuniu com a Fenprof e Portas falou com a Associação Nacional de Professores que inicialmente se distanciou dos protestos, mas atrás dos seus associados já passou a apoiá-los. O executivo em fase de Obama deve reflectir. O segredo do êxito do candidato negro à nomeação pelo Partido Democrático para as presidenciais nos EUA não é só o “Sim, nós podemos”. Quem segue a nova vaga americana também já sabe que o principal factor de esperança em Obama é que ele se mostra capaz de ponderar o que dizem os outros. Os eleitores republicanos gostam dele porque Obama lhes dá a certeza de que também vão contar. Não há em Portugal quem seja capaz de ponderar os protestos dos professores?

João Vaz, Redactor Principal

in Correia da Manhã, ler notícia

2 comentários:

Ana C. disse...

Em relação à mobilização em Lisboa dia 1 de Março, 16 horas no IPJ, podem confirmar-me se é o IPJ em Moscavide?

Localização/contactos
Via de Moscavide 47 101
Lisboa
1998 LISBOA EXPO
Tel.: 218 920 800
Fax: 218 920 808
E-mail: ipj.lisboa@ipj.pt
Na zona norte da Expo a 300m da Estação Gare do Oriente. Autocarros - 5, 10, 25, 44, 114 e 208

???????????????????????????????????

Obrigada

pormenor-da-tangente disse...

PARÂMETRO DE AVALIAÇÃO PARA MEMÓRIA FUTURA

Leiria.Fevereiro[2008].Parâmetro de Avaliação dos Professores

“Verbaliza a sua insatisfação/satisfação face a mudanças ocorridas no sistema educativo/na escola através de críticas destrutivas potenciadoras e instabilidade no seio dos seus pares(...)"

pequenas ditaduras e pequenos pormenores de como podemos todos parecer estúpidos para um ministério descontrolado, risível e irresponsável


http://pormenor-da-tangente.blogspot.com/